21 ago

Conheça tendências que devem se tornar realidade até 2025

Muitas delas já estão presentes no cotidiano de forma ainda inicial, mas a Huawei acredita que vão se desenvolver e ganhar robustez

O futuro da tecnologia, muitas vezes, já está ao nosso alcance no dia a dia. Muitas previsões têm alertado para a forma como vamos interagir com esses avanços e para a necessidade de nos adaptarmos a eles.

Um estudo recente da Huawei, compilado no relatório Global Industry Vision (GIV), apresenta tendências que podem se tornar realidade até 2025. O levantamento tem como base dados quantitativos da empresa e casos de uso do mundo real.

Muitos dos cenários são clássicos de filmes de ficção científica. “Em alguns países já observamos mudanças na vida, no trabalho e na sociedade à medida que as indústrias adotam inteligência artificial, 5G, computação em nuvem e outros”, analisa Julio Sgarbi, diretor de Consultoria da Huawei Brasil. Veja, a seguir, as tendências identificadas no GIV.

Vida com robôs

Cada vez mais os robôs estão presentes na nossa rotina. Isso ocorre graças aos avanços em inteligência artificial. Segundo o GIV, deve haver um aumento de 14% no uso de robôs domésticos nos próximos anos.

Robôs no trabalho

Além de invadir os lares, essas máquinas devem transformar as indústrias. Assim, atividades perigosas, repetitivas ou de alta precisão podem vir a ser feitas por eles. Em 2025, devem haver 103 robôs para cada 10 mil funcionários.

Rumo à hipervisão

Com a convergência entre 5G, realidades aumentada e virtual, aprendizado de máquina e outras tecnologias, a visão pode ganhar a capacidade de ir além da distância, da distorção, da superfície e da história. O GIV aponta um aumento de 10% nas empresas que usam as realidades aumentada e virtual em seus negócios.

Necessidades que nos encontram

Já é bastante comum que nossas necessidades nos encontrem sem que tenhamos de buscar por elas. Isso porque o uso de dados e sensores permite que os dispositivos se antecipem. No futuro, as pesquisas não terão botões. De acordo com o GIV, 90% dos proprietários de equipamentos inteligentes usarão assistentes pessoais.

Ruas adaptadas

Pessoas, veículos e infraestrutura serão conectados por sistemas inteligentes de transporte. Com isso, os congestionamentos devem diminuir e a resposta a emergências será mais rápida. Cerca de 15% dos veículos serão conectados a redes móveis até 2025, segundo o GIV.

Mais criatividade

A experimentação científica e a inovação devem ficar mais fáceis com o barateamento da inteligência artificial. O GIV prevê que 97% das grandes empresas terão inteligência artificial em uso em 2025.

Comunicação mais fluida

O uso de big data aliado a inteligência artificial vai permitir que a comunicação entre as empresas e seus clientes seja mais precisa. Os dados do GIV indicam que 86% das organizações vão usar os dados que produzem para aprimorar seus negócios.

Economia da colaboração

O uso de plataformas tecnológicas unificadas faz o compartilhamento de recursos ser mais natural — o que torna os ecossistemas globais mais robustos e aumenta a produtividade. De acordo com o GIV, 85% das ferramentas de negócios estarão na nuvem em 2025.

Expansão do 5G

O 5G será realidade mais rápido do que qualquer geração de telefonia móvel anterior. É provável que 58% da população mundial tenha acesso a ele.

Governança digital global

Padrões e princípios devem ser estabelecidos para o uso de dados. A previsão é de que o volume anual de informações atinja, globalmente, 180ZB (1ZB = 1 trilhão GB) até 2025.